FORGOT YOUR DETAILS?

CREATE ACCOUNT

Hoje em dia,En Pointe existem tantas marcas e estilos de sapatilhas de pontas, que todo o processo pode-se tornar confuso! Diferentes bailarinas têm diferentes tipos de pés, e, não existe uma sapatilha de pontas que seja perfeita para todas.

A maioria das marcas constrói vários formatos e estilos diferentes de sapatilhas de pontas, os quais são desenhados para pessoas diferentes e para diferentes tipos de utilização. Contudo, é extremamente importante encontrares uma sapatilha que seja adequada para o teu pé. Isto pode ser um pouco difícil nas primeiras vezes, pois ainda não vais conhecer exactamente qual deverá ser a sensação da sapatilha no teu pé. À medida que experimentas diferentes sapatilhas irás aprender quais os aspectos de que gostas, e, irás provavelmente ficar-te por uma marca e estilo de sapatilha de pontas.

Uma forma de descobrires qual é a sapatilha de pontas que é melhor para ti é ires a uma loja que venda diferentes marcas de sapatilhas de pontas, para encontrares aquela que se adapta melhor ao teu pé. Alternativamente, uma loja especializada que armazena apenas uma marca de sapatilhas de pontas irá, possivelmente, ter mais sapatilhas e estilos por volta do teu tamanho, para conseguires um ajuste óptimo. Alguns professores de dança gostam que as suas alunas usem todas a mesma marca, porém, a probabilidade de todos esses tipos de pés se adaptarem à mesma sapatilha de ponta é reduzida! É melhor que cada bailarina encontre a sapatilha de pontas que melhor se ajusta ao seu pé, e, depois encontrarem uma forma do cetim combinar, para as actuações.

A força da sola é importante, porém controversa. Algumas pessoas gostam que as alunas iniciadas às pontas usem sapatilhas com palmilha mais forte para ajudar a suportá-las em pontas até que sejam mais fortes, enquanto outros acreditam que as alunas em aprendizagem precisam de uma palmilha mais maleável para aprender como trabalhar através da sapatilha adequadamente. Eu acredito que a segunda opinião é usualmente a melhor, especialmente quando fortaleceste os teus pés e tornozelos adequadamente antes de iniciares as pontas.

Tipicamente, quando inicias o trabalho de pontas fazes apenas alguns minutos no fim da aula, pelo que não precisas de uma sapatilha muito forte para durar tanto como numa aluna profissional. Isto é especialmente verdade se não fores muito pesada! Uma palmilha de densidade média irá permitir que a sapatilha amoleça o suficiente para te ajudar a subires à ponta e trabalhares o pé na sapatilha, possibilitando ainda o suporte do pé na ponta. Contudo, se és uma adulta a começar as pontas, então podes precisar duma palmilha mais forte para te ajudar a suportar o peso.

Amolecer o calcanhar, como demonstro no vídeo ‘Preparar as sapatilhas de pontas’ em The Ballet Blog, é essencial para conseguires trabalhar o pé correctamente em pontas, porém, deixa ainda grande parte da sola forte o suficiente para ajudar a estabilizar o pé.

TPPB_Banner_portugese

Join The Ballet Blog Community & Receive 10% Off Your First Order!

TOP